Milan Fashion Week 2019 – Estilo Vintage e Moda Sustentável

Na última semana, o mundo da moda viveu o agito da Milan Fashion Week (Semana de Moda de Milão). As grifes mais famosas e desejadas do universo apresentaram suas apostas para a temporada primavera-verão 2019. 

É claro que a gente acompanhou cada detalhe do mega evento e, agora, traz alguns dos destaques. Então, se você não conseguiu ver todos os fatos ou, se quer rever mesmo, vem com a gente!

Milan-Fashion-Week-2019
Milão, a cidade que respira arte e luxo, mais uma vez, é palco de um desfile de moda icônico

Desfile Versace: o estilo vintage em alta

O desfile da Versace – um dos mais aguardados da semana de moda — foi marcado pelo estilo vintage. A estilista e vice-presidente da marca, Donatella Versace, trouxe tendências do passado, como, por exemplo, os ombros avantajadas em casacos, vestidos, jaquetas e blusas.

 Créditos foto: Instagram Versace

desfile-versace-semana-moda-milao-2019
Vestido Versace, ousado, elegante e com ombros destacados.

 Créditos foto: Instagram Versace

milao-semana-moda-desfile-versace-2019
Que tal uma jaqueta preta-básica Versace nesse estilo marcante?

 Créditos foto: Instagram Versace

milao-versace-semana-moda-2019
Uma sobreposição linda, moderna e chique da Versace.

Vale lembrar que os ombros em evidência foram uma verdadeira febre durante os anos de 1980. Sendo assim, mulherada, para as próximas temporadas, podemos apostar em blusas de ombros ressaltados com saias, calças jeans, vestidos com ou sem estampa e muito mais. Use abuse!

Outro super assunto do desfile Versace foi a estampa com folhagens, uma tendência lançada em 1999 nos vestidos. Na passarela, os desenhos verdes também marcaram ternos, calças, blusas e até sapatos.

Jennifer López, a grande estrela do desfile Versace

Como se tudo isso não fosse o bastante em beleza, ousadia e elegância, a Versace ainda encerrou o desfile com ninguém mais, ninguém menos que: Jennifer López. A cantora diva arrasou na passarela com um vestido também repaginado do passado.

Créditos foto: Instagram Versace

jennifer-lopez-vestido-versace-desfile-2019
A participação de J.Lo no desfile foi uma surpresa guardada a sete chaves pela Versace.

Para você entender tudo certinho, vamos voltar no tempo… 

Durante a premiação do Gremmy, em 2000, a popstar J.Lo usou o icônico vestido Versace com estampa de folhas verdes e decote bem profundo. O look foi um verdadeiro sucesso, tanto que as pessoas começaram a buscá-lo no Google. Só que o mais curioso é que, 

naquela época, ainda não existia o Google Imagens, mas o site viu a necessidade de criar um “setor” que fosse só para os usuários procurarem e acharem fotos.

Créditos foto:Getty Images

jennifer-lopez-vestido-versace-grammy-2000
Jenniffer López durante o Grammy 2000 com o vestido-desejo Versace.

Ah, e mais uma curiosidade: J.Lo, há pouco tempo, comentou em uma série do Youtube, que quase não usou a icônica peça no tapete vermelho do Grammy. É que ela tinha duas opções: o vestido verde estampado e outro branco. Seu empresário deu a sugestão dela usar o segundo, mas na hora, a cantora acabou optando pelo Versace mesmo. 

Surpreendente, não é? 

Pois bem. Na onda vintage, a grife resolveu reviver esse sucesso absoluto. Jennifer López, então, desfilou com uma versão daquele vestido de 2000. O look repaginado é ainda mais sensual e ousado. Sem dúvidas, uma inspiração divônica para todas nós, seja em tecido, corte ou estampa.

Inspiração na Floresta Amazônica

O desfile da Versace em Milão também foi pautado no cenário amazônico. A intenção foi chamar relembrar a importância da preservação da floresta. Um dos principais estilistas da grife e, também, responsável pelo desfile, Francesco Risso, contou que fez uma viagem para o Brasil e ficou encantado com a natureza da selva. Por isso, as peças com bastante estampa de folhas e flores verdes.

A sustentabilidade no foco da Semana de Moda de Milão

Por falar em preservação da Amazônia, as maiores grifes do mundo também resolveram pautar a moda sustentável, destinada à diminuição de impactos ao meio ambiente. A estilista, Miuccia Prada, comentou que os problemas ambientais são graves, por isso, cada parte da sociedade deve se esforçar para contribuir com o clima e com as espécies naturais. 

Vale lembrar também que, há pouco tempo, a Prada contou que não produzirá mais peças de origem animal, como, por exemplo, casacos de pele. A mudança passa a valer para as coleções de verão 2020. 

Já a Burberry, outra marca de luxo, afirmou que vai compensar as quantidades de carbono que lança ao meio ambiente durante seus processos de produção.

O conceito de moda consciente

Mas, afinal, o que é exatamente moda sustentável ou consciente? O conceito defende o uso de matérias-primas que não causem tantos problemas ao meio ambiente, como, por exemplo, algodão orgânico que não necessita de agrotóxicos e pesticidas. 

Além disso, a ideia também lembra a importância das roupas de qualidade, com prazo de validade longo e em consumo cíclico. Ou seja, sabe aquela blusinha que não te serve mais, ou ainda, aquela bolsa que você enjoou? A melhor solução é vendê-las para um site de moda feminina ou doar. 

No fim, é a velha história de pensar que todas as peças fizeram parte da sua história, marcaram momentos importantes da sua vida, e que agora que você não as quer mais, elas podem marcar a trajetória de outras mulheres. Dito assim, a missão de ajudar a salvar o planeta, fica muito mais fácil, não é mesmo?

Então, agora que você já sabe quais foram alguns dos destaques de Milão, e como usar a moda consciente, que tal conhecer o site Peguei Bode? Por lá, você pode vender ou comprar artigos das melhores e mais amadas grifes do mundo! Aproveite para conhecer tudo e, depois, conte para gente quais foram as suas escolhas! 

No mais, continue nos acompanhando aqui no blog, porque toda semana temos novidades e dicas incríveis para a sua vida!