Dior — Mais de Sete Décadas de História e Sucesso

historia-dior
A Dior é, atualmente, uma das grifes de luxo mais poderosas do mundo.

O mundo da moda tem histórias surpreendentes e inesquecíveis. Uma das principais é a da Dior, grife de luxo francesa, que, neste ano, completou 72 anos. Ao longo dessa trajetória, foram mais de 300 vestidos confeccionados, além de diversos perfumes, calçados, bolsas, maquiagens e muito mais. 

Que tal conhecer todo o enredo de puro luxo, glamour e sucesso? Resolvemos voltar no tempo e contar os fatos marcantes. Confira cada detalhe e apaixone-se ainda mais por essa marca incrível! 

Christian Dior, o idealizador de todo o sucesso

Um homem discreto e encantado pela arte em todas as suas manifestações. Assim podemos descrever o criador dessa grande grife em pauta.
Christian Dior nasceu em 21 de janeiro de 1905, na cidade de Granville, localizada na região portuária da França. Ao contrário de outros estilistas — como, por exemplo, Coco Chanel — ele tinha uma família com boas condições financeiras. Isso fez com que Dior tivesse contato com uma boa educação e, inclusive, acesso às artes desde cedo. Mas, apesar do gosto pelo mundo artístico, ele acabou seguindo o desejo de seu pai, foi estudar Ciências Políticas.

dior-historia-grife-luxo
Christian Dior com a  Duquesa de Marlborough. Ela o convidou duas vezes para apresentar as coleções de moda feminina da grife.

Após se formar, resolveu viajar pelo mundo e, em uma dessas descobertas, mais precisamente em 1927, Dior abriu uma galeria de arte, em parceria com Jacques Bonjean, um grande amigo. Mas logo vieram os grandes desafios. Em 1934, ele precisou enfrentar uma forte doença, um fato que quebrou um pouco as condições financeiras de sua família. A volta por cima veio quatro anos mais tarde, época em que o personagem principal dessa história virou assistente de Robert Piguet, um estilista da Suíça. 

O gosto pela alta-costura só foi crescendo dia após dia na vida de Christian Dior, tanto que, a essa altura, o grande desejo dele era ter seu próprio ateliê. Talvez ele mal soubesse, mas já estava no caminho certo. Em 1941, o idealizador foi trabalhar para outro estilista, Pierre Balmain, um francês. A realização do super sonho aconteceu em 1946, o ateliê foi inaugurado na Avenida Montaigne, número 30, em Paris. Aliás, o mesmo endereço da Dior até hoje (vale muito a pena dar uma passadinha por lá na sua próxima ida à cidade luz!).

New Look

O lançamento da primeira coleção de Dior foi em 12 de fevereiro de 1947, data que marca o início de tudo. O conjunto de peças foi batizado como New Look por uma revista norte-americana. 

As peças surpreenderam bastante as pessoas da alta sociedade. Isso porque, ao contrário de outras marcas que seguiam tendências mais “simples”, como a Chanel, Christian Dior quis dar um toque de luxo e extravagância para as mulheres. Assim, as saias eram compridas, com grande volume e, além disso, estilo plissado. Casacos de seda, calçados de salto alto e tailleurs de cintura bem marcada também fizeram história. 

Outro fato ousado foi que, em 47, o mundo ainda estava vivendo as consequências da Segunda Guerra Mundial. Um dos problemas era a escassez de tecidos, mas, apesar disso, Dior não economizava nas roupas, graças à amizade com um grande fabricador de panos.

A morte precoce de Christian Dior

Apenas dez anos após o grande sucesso de New Look, Christian Dior morreu por causa de um infarto. Então, o novo estilista responsável pela marca de luxo foi Yves Saint Laurent. Mas, ele também não ficou muito tempo à frente da grife, viu? É que Laurent foi convocado para servir o exército na guerra da Argélia. Em seguida, vieram outros estilistas: Marc Bohan, Gianfranco Ferré, John Galliano, Bill Gaytan, Raf Simons e Maria Grazia.

Celebridades que amam a Dior

Além de nós, há incontáveis outros fãs da Dior espalhados pelos quatro cantos do mundo. As personalidades mais conhecidas são Jennifer Lawrence (a atriz, inclusive, já usou um vestido da grife na cerimônia do Oscar em 2013. Além disso, estrelou uma campanha de looks inspirados na cultura mexicana, no ano passado), Rihanna, Natalie Portman, a inesquecível Princesa Diana, entre outros famosos. A propósito, a Dior só passou a fazer roupas e demais artigos de moda masculina a partir de 1970.

jennifer-lawrence-oscar-dior
Jennifer Lawrence, vestindo um de look Dior, durante após a cerimônia do Oscar, em 2013. Um fato marcante dessa noite é que, na hora de subir ao palco, a atriz acabou caindo nas escadas; Ainda assim, não perdeu a classe.

As bolsas icônicas da Dior

A Dior, uma das principais grifes de luxo do mundo, produz verdadeiras bolsas-desejo. A primeira que resolvemos destacar é a Lady Dior. Na verdade, esse acessório foi criado e batizado, em 1994, como “Chouchou” (pronuncia-se “chuchu”; fofo, não é?). 

bolsa-lady-dior-croco-vermelha
A Lady Dior tem versões em muitas tonalidades.

Pois bem, dois anos depois do lançamento, a Princesa Diana ganhou a bolsa Dior. O encanto da dama da realeza britânica foi tanto que ela decidiu comprar toda a coleção. A marca, então, decidiu mudar o nome da bolsa em homenagem à mãe dos príncipes William e Harry. 

bolsa-lady-dior-lady-di
Lady Di arrasava com seus looks e, claro, bolsas da Dior.

A Lady Dior é feita em diferentes tamanhos. O material dela é todo de couro leve e sofisticado. As berloques com as iniciais, assim como a bolsa, também são feitas à mão. Incrível! Sem contar que o design quadradinho faz com que ela combine com absolutamente tudo. 
Mais uma das bolsas de luxo icônicas é a Dioríssima que também faz um estilo clássico. Ela é perfeita para você usar no dia a dia ou mesmo para momentos mais especiais. O material dela é todo de couro. Além disso, o acessório tem alça de mão dupla e alça longa. O modelo de cor preta tem a parte de dentro rosinha, um charme só!

bolsa-dior-diorissima-preta
A Dioríssima é uma peça-chave para seus looks. Impossível resistir a essa arte da Dior!

Gostou de conhecer a história da Dor? Aproveite para conferir todos os artigos da grife com preços imperdíveis no Peguei Bode. Quer saber mais sobre moda e marcas chiques? Continue aqui no blog!