100 anos do Chanel 5: aposte nas criações icônicas da marca que revolucionou o mundo da moda

Todo mundo que gosta de moda sabe que 2021 é o ano do perfume Chanel 5. Pois é! A marca referência para os apaixonados por estilo comemora neste ano o centenário do icônico perfume, que é o mais famoso do mundo e a primeira fragrância da maison Chanel, feita em parceria com o perfumista Ernest Beaux e que hoje tem Marion Cotillard como embaixadora.

Para quem não conhece a história do produto, para um anúncio para a imprensa norte-americana em 1937, Chanel decidiu encarnar ela mesma na campanha do chanel número 5. Desde então, a importância do perfume só cresceu, atingindo o ápice do frenesi quando um jornalista perguntou à Marilyn Monroe o que ela usava para dormir, e ela respondeu: “Cinco gotas de Chanel N5“.

Por falar em história, não tem como negar que se não houvesse Gabrielle Chanel, a moda como conhecemos seria muito diferente. Ela é a criadora de uma das marcas mais valiosas do mundo até hoje e suas criações estão nos closets de todo o globo – algumas há mais de 100 anos, assim como o perfume Chanel 5.

Para que se tenha ideia da sua importância nesse mercado, os pensamentos de Coco, apelido que ela recebeu quando ainda era jovem, passaram pelo teste do tempo, por duas grandes guerras, por crises econômicas e continuam no imaginário tanto de quem gosta de moda quanto de quem não se importa com o assunto.

É muita história, né? Aproveite e veja, então, as criações mais icônicas da marca Chanel, com opções para você usar as peças.  

Clutch Chanel Phytton Rosa
Clutch Chanel Phytton Rosa

1. Calças para mulheres

Com toda certeza, essa é uma das maiores criações entre os produtos da Chanel. Como a estilista francesa adorava andar a cavalo e achava que as saias atrapalhavam seus passeios, ela resolveu criar calças, assim como os homens. A calça marinheiro era uma calça bem larga e confortável, parecida com aquelas que os homens usavam na época.

Hoje, no entanto, os modelos são diversos, como essa calça jeans com detalhe em veludo ou essa branca

Calça Jeans Chanel Com Detalhes em Veludo Azul
Calça Jeans Chanel Com Detalhes em Veludo Azul

2. Marinière

Na realidade, a blusa listrada já existia desde o século 18, quando foi criada no vilarejo francês de Saint-James, na Normandia, que também era produtor de lã, com as quais se faziam blusas, chapéus e outros equipamentos para marinheiros e pescadores irem para o mar.

No entanto, Chanel transformou a peça em item de moda ao produzir e vender as blusas de inspiração navy. Audrey Hepburn e Brigitte Bardot ajudaram a popularizar o estilo ao longo dos anos.

Antigamente ela era vista apenas em preto e branco, mas hoje em dia já existem outras peças listradas, como essa blusa em dourado

Blusa Chanel listrada com Dourado
Blusa Chanel listrada com Dourado

3. Tweed

Foram suas viagens para a Escócia que fizeram com que Coco Chanel conhecesse o tweed, tecido de lã de fio grosso e trama simples, que virou matéria-prima para diversas peças, mas especialmente para o clássico tailleur. Olha ele aqui em preto e branco ou nessa linda opção rosa.

Casaco Chanel Tweed Preto e Branco
Casaco Chanel Tweed Preto e Branco

4. Little Black Dress

Sabe o clichê que sempre usamos do pretinho básico? Ele também se deve à Coco Chanel, que lá em 1926 propôs uma peça simples: um vestido preto, com mangas longas, feito em crepe de seda. Desde então, um vestido nessa cor tornou-se praticamente obrigatório em qualquer guarda-roupa feminino. Aqui você encontra essa opção com transparência e esse outro liso.

Vestido Chanel preto Liso
Vestido Chanel preto Liso

5. 2.55 Bag

A bolsa mais clássica da grife foi lançada em fevereiro de 1955. Foi a primeira bolsa da Chanel com alça para ser carregada no ombro – antes disso, elas eram de mão, como clutches. A alça dourada, feita de corrente leve e resistente, virou mania e objeto de desejo.

Aqui você encontra a tradicional e queridinha preta, mas também tem opções em bege ou em dourado, para arrasar!

Bolsa Chanel 2.55 Preto
Bolsa Chanel 2.55 Preto

6. Sapatilhas bicolores

Chanel também desenvolveu sapatilhas simples, que guardavam uma ilusão de ótica por serem bicolores: bege com o bico preto, como esta daqui. Segundo Coco, a ideia era fazer as pernas parecerem mais longas e os pés menores.

Até hoje as sapatilhas são um hit e podem ser encontradas em outras cores, como preta e branca e nude com rosinha.

Sapatilha Chanel bicolor Nude e Rosinha
Sapatilha Chanel bicolor Nude e Rosinha